Fruto do encantamento de uma professora pela Pedagogia Waldorf e do esforço de vários colaboradores e admiradores, igualmente apaixonados pela pedagogia, o Instituto Social Micael foi fundado em 1998, com o objetivo de realizar o sonho da melhoria da Educação, da Agricultura Biodinâmica, da publicação de livros e da proteção ambiental para melhor qualidade de vida do Ser Humano.

Localizado em Sergipe, o ISM já formou mais de 100 professores Waldorf, em duas turmas. Cada uma com 1.600 horas (4 anos de curso), reconhecido como pós-graduação lato sensu, em parceria com a Faculdade São Luís de França (SE). Pelos cursos do ISM já passaram diversos alunos das mais diferentes regiões do país, com maior destaque os estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Ceará. Acompanhando o desenvolvimento nessas regiões, o Instituto busca assistir o funcionamento e a implantação de iniciativas Waldorf, frutos de grandes esforços e incertezas de futuro. Contudo, merece registro a força e o entusiasmo que essas pequenas escolas despertam nas comunidades em que estão inseridas, assim como a resiliência e a determinação dos seus fundadores.

O ISM já organizou diversos cursos baseados na Antroposofia, a exemplo de: Pedagogia Curativa (1.900 horas, em parceria com UFS - Universidade Federal de Sergipe); Agricultura Biodinâmica (470 horas, em parceria com a Universidade de Uberaba - UNIUBE/MG e Instituto ELO- SP); Germinar+ (150 horas - duas turmas - em parceria com o Instituto ECOSOCIAL-SP).

Atualmente o ISM sedia o Ramo Micael, a Classe de Estudo Superiores, a Escola Micael de Aracaju (Educação Infantil), a Edições Micael (editora focada na obra de Rudolf Steiner). Também vale ressaltar que o Instituto apoia a Escola Dr. José Calumby Filho (Educação Infantil), escola Waldorf pública da rede municipal de Aracaju, primeira do Nordeste.

No sul do Piauí, o ISM participa de projetos de manejo florestal sustentável da Caatinga, projetos de pesquisa e preservação ambiental e atendeu em um espaço pedagógico próprio, alunos da rede municipal de educação do município de Avelino Lopes, que apresentavam deficiência escolar e risco de vulnerabilidade social. Ao todo, 75 crianças foram assistidas por ano entre 2010 e 2012. Aliás, um projeto que queremos retomar e ampliar.

Para acompanhar de perto as novidades e a história do Instituto Social Micael, é só ficar de olho no blog do instituto: http://ismicael.blogspot.com.br/