Contribua para o sertão virar Waldorf, porque você sonha em transformar a educação brasileira e acredita que a ampliação da oferta de escolas Waldorf, têm grande poder de transformação social.

Em duas turmas o Instituto Social Micael já formou mais de 100 professores Waldorf. Cada uma com 1.600 horas (4 anos de curso), reconhecido como pós-graduação lato sensu, em parceria com a Faculdade São Luís de França (SE).

Além disso, você contribuirá para a preservação da Caatinga Brasileira, bioma presente nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e no norte de Minas Gerais. Rica em biodiversidade, a Caatinga abriga 1487 espécies de animais e cerca de 27 milhões de pessoas, a maioria carente e dependente dos recursos do bioma para sobreviver. Sem contar o seu grande potencial para a conservação de serviços ambientais, uso sustentável e bioprospecção.

O alarmante é que nos últimos anos esse bioma tão importante está sendo desmatado de forma descontrolada, tanto pelo consumo ilegal de lenha nativa, quanto pela criação de pastagens e agricultura. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, 46% dos 844.453 quilômetros quadrados da Caatinga já estão desmatados. Lá a sua contribuição também fará toda a diferença.

Por isso ao contribuir com a formação de professores na Pedagogia Waldorf, você ganha um certificado de Guardião da Floresta, com os dados referentes aos 1.000m² de caatinga nativa do Piauí protegidos pelo o V!raWaldorf, em seu nome.

Além disso você também ganhará 20% de desconto em livros da Edição Micael e da Editora Antroposofica (compra interna) e outros 10% de desconto em cursos do Instituto Social Micael. Viu só